Ministra Encerra Semestre Afirmando que STF não vai Ignorar Clamor por Justiça

Nesta sexta-feira (30) o Supremo Tribunal Federal (STF) realizou a última sessão antes do recesso.  A ministra Cármen Lúcia encerrou o primeiro semestre do judiciário afirmando que a Corte não vai ignorar o clamor por justiça.

A presidente do STF afirmou que “O clamor por justiça que hoje se ouve em todos os cantos do país não será ignorado em qualquer decisão desta Casa. As vozes dos que nos antecederam e que velaram pela aplicação do direito com o vigor de sua toga e o brilho de seu talento, não deixam de ecoar em nossos corações. Não seremos ausentes aos que de nós esperam a atuação rigorosa para manter sua esperança de justiça. Não seremos avaros em nossa ação para garantir a efetividade da justiça”.

Durante seu discurso, Cármen agradeceu aos ministros “A vossas excelências, o meu agradecimento pessoal, especial pelos trabalhos intensos, pelas sessões extras, além das muitas regulares que foram realizadas nesse semestre. Desejo a cada um dos senhores excelente período de recesso e tranquilo regresso aos trabalhos externos, porque internamente continuamos na labuta como se sabe. Muitíssimo obrigada a cada um dos senhores por terem me ajudado tanto num semestre tão difícil para mim”.

O recesso começa neste sábado (1) e vai até o fim de julho. A ministra Cármen Lúcia vai assumir o plantão da Corte

SOURCENBO
SHARE

2 COMMENTS

  1. Eu como cidadão brasileiro me sentiria orgulhoso em termos uma Mulher bem preparada para deliberar as ações jurídicas com parcialidade e representar de forma brilhante a categoria e a classe feminina porém; está senhora foi empossada por um chefe de estado da mais alta periculosidade que está condenado,será sentenciado,e esta senhora com certeza nunca deverá estar ao lado do povo brasileiro e sim do lado podre desta política imoral,injusta demagógica e desrespeitosa.
    Nosso supremo está realmente contaminado por bandidos de setas patentes mas; existe Homens e Mulheres sensatas que vão fazer a verdadeira justiça.
    Java jato sempre.
    Militarização urgentíssimo.

Comments are closed.