Tudo Que Você Sempre Quis Saber Como Funciona a Política no Brasil

A política brasileira é um pouco complexa de ser compreendida, isso porque existem diversos cargos públicos ocupados coma finalidade de gerenciar o país, os estados e os municípios. Além destes, ainda há os cargos de deputados, senadores, juízes, suplentes entre outros. Todos esses cargos têm a sua função dentro da política, mas se formos nos adentrar em cada um deles poderíamos escrever um livro, devido à quantidade informação. Porém, para começara entender a política brasileira, ter o conhecimento básico de sua estrutura pode ser suficiente.

politica-brasileira

Porque é preciso conhecer a política brasileira

Os representantes do povo na política são eleitos através do voto direto. Muitas pessoas votam em seus candidatos sem entender muito bem o valor que o seu voto possui para a administração do país, do estado ou município.

A ignorância política é o que leva muitas vezes as pessoas a votarem de uma maneira irresponsável ou então colocar o seu voto em figuras do esporte, da música, enfim, ídolos que lhes agradam em outras áreas e que dessa simpatia acabam ganhando o voto para a política. Não estamos questionando a competência de cada um, apenas afirmando que votar por simpatia não traz vantagens nem soluções, e por isso, entender a importância do voto consciente baseando-se no conhecimento da política é fundamental para que as pessoas entendam o seu dever e o seu direito na política brasileira.

A Política no Brasil

Atualmente o Brasil é uma República Federativa Presidencialista.

Recebe o título de República porque o Chefe de Estado é eleito através do voto direto do povo e por tempo limitado, ou seja, ele não pode permanecer no poder para sempre.

É Federativa porque possui estados e estes têm o seu poder  e sua autonomia política, podendo governar livremente e criar suas leis.

É Presidencialista porque tanto a função de Chefe de Governo como de Chefe de Estado são exercidas pelo atual presidente.

Politica-no-brasil

No Brasil existem 3 poderes atuantes que constituem a base política, são eles o poder Executivo, o poder Legislativo e poder Judiciário. Esses três poderes são órgãos políticos distintos, cuja teoria foi criada por Charles de Montesquieu, em 1748. Segundo Montesquieu era necessário essa divisão em poderes para que não houvesse nenhum tipo de abuso.

– O poder Executivo é exercido no Brasil pelo Presidente da República.

– O poder Legislativo é exercido pelo Congresso Nacional.

– O poder Judiciário é exercido pelo STF (Superior Tribunal Federal).

O poder Legislativo é quem cria as leis. Ele as idealiza e vota segundo o interesse dos representantes do povo e estas seguem para aprovação do presidente no poder executivo. O presidente pode sancionar as leis e também criar medidas provisórias, mas para que estas entrem em vigor também seguem para aprovação do poder Legislativo. O poder Judiciário é composto por um total de 11 juízes que interpretam e também fiscalizam as leis e o seu devido cumprimento. Esses juízes são escolhidos pelo presidente da república e aprovado pelo senado.

Além desses poderes temos a composição do parlamento brasileiro, que se dá em duas casas, sendo ela o Senado e Câmara dos Deputados. No Senado cada estado brasileiro é representado por 3 senadores e também o Distrito Federal tem sua representação. O mandato desses senadores é de 8 anos e sua eleição é feita através do voto direto. Para Câmara Federal existem 513 cadeiras para serem ocupadas por deputados federais e estaduais, também eleitos através de voto direto, mas que tem o mandato de apenas 4 anos que pode ser renovado.

O sistema de partido no Brasil é pluripartidário e permite que novos partidos sejam criados de maneira legal.

Esse é o básico da formação da política brasileira, porém, para compreender todo o sistema complexo que ela é se faz necessário muito estudo para entender as variações que colocam ou não os candidatos em sua cadeira, as coligações partidárias, a forma de governar de cada estado e cada município, enfim, são muitas variações que demandam tempo e interesse.

 

SHARE

NO COMMENTS